Páginas

domingo, 25 de julho de 2010

Ô abre a roda, tindolelê...

Melhor do que falar como foi o II Fórum Popular de Saúde da Zona Norte - Em defesa do SUS, só mostrando uma casquinha dessa mobilização:


video


Observações:
1. Paciência com a qualidade péssima da imagem, precisamos urgentemente de uma câmera de verdade!
2. O vídeo foi só um apanhado de alguns registros do dia, veremos uma maneira de divulga-lo de forma mais efetiva.
3. Jaqueline, mulher, envie seus registros também, ok? 

segunda-feira, 19 de julho de 2010

II Fórum de saúde da Zona...Norte!

Olá pessoas leitoras deste blog e companheiras de luta! Vai acontecer próxima quinta-feira, dia 22 o II Fórum de Saúde da Zona Norte, na tentativa de de manter uma discussão cotidiana e descontraída acerca do que tá rolando no cenário da rede pública de saúde atualmente - que anda um rebuliço só, diga-se de passagem. O movimento por um SUS melhor também inclui a saúde mental e a ABRASME é uma das apoiadoras. Também nas mobilizações estão o SINSENAT, o núcleo articulador PNH/SESAP, gente dos CAPS e dos PSFs da Zona Norte, dentre outros coletivos. 



Para quem não lembra - ou quem não foi -, o primeiro fórum (cuja temática foi justamente Saúde Mental) ocorreu no dia 18 de abril. Contou com a presença de profissionais, estudantes, comunidade, avô, avó, neto, papagaio...contando e ouvindo histórias e estórias, cantando, fazendo verso e falando coisa séria sem deixar o ar pesado. Seguem abaixo algumas fotos do I Fórum da Zona Norte (clique na foto para vê-la maior):


quinta-feira, 15 de julho de 2010

CARTA DENÚNCIA

Olá amigos da luta antimanicomial! Segue em anexo uma carta-denúncia feita por trabalhador(a) da rede de saúde mental do município, que pediu para o nome não ser revelado:

Estamos enviando à Coordenação Nacional de Saúde Mental comunicado sobre a situação  agravante que se encontra a Saúde Mental do município de Natal.
Apesar de ter uma política norteada pelas diretrizes do SUS e da Política Nacional de Saúde Mental, não se pode negar que, atualmente, o município de Natal vem enfrentado sérias dificuldades de gerenciamento e de políticas.
 Tais dificuldades vêm se configurando como verdadeiros entraves para a consolidação de avanços necessários à efetivação da Rede de Saúde Mental deste município e para a democratização do processo de construção da cidadania de usuários, familiares e trabalhadores de Saúde Mental de Natal. Sobretudo porque os atuais gestores se pautam pela total inobservância de uma política de saúde mental aprovada pelo Conselho Municipal de Saúde e referenciada pelas Conferências de Saúde Mental, além de Audiência Pública na Câmara Municipal realizada em novembro de 2009.
Tal constatação reflete-se na situação retratada no relato abaixo discriminado:

Trabalho em um serviço de saúde do município de Natal (especificamente CAPS infano-juvenil) e quero registrar por meio deste manifesto denúncia em nome dos trabalhadores do referido CAPS e dos trabalhadores de Saúde Mental do município de Natal/RN, referente à CLARA PERSEGUIÇÃO, COAÇÃO, ASSÉDIO MORAL contra servidores públicos que prestam serviços, de forma honrosa, a  rede de Saúde Mental desta cidade.


AS SIGLAS, OS USUÁRIOS E OS FAMILIARES

Queridos compnheiros
Segue mail enviado pelo Geraldo Peixoto e Dulce, representantes dos familiares, muito implicados com a luta antimanicomial. Achei que valia a pena divulgar na nossa rede.
Abraços
Magda

AS SIGLAS, OS USUÁRIOS E OS FAMILIARES

Existe uma camisa-de-força que nos classifica, que nos separa e, que acaba se transformando em um retrocesso no movimento da saúde mental. Hoje, devemos estar inseridos em uma das duas classificações, ou somos MNLA, ou somos Rede Internúcleos, porém, diante da angústia dos usuários e dos familiares, esta questão de siglas... é o que menos importa.

Nem seccionar, nem segregar, não é esta a nossa intenção, absolutamente, ao contrário. Nossa intenção é ter como meta a união dos movimentos sociais e da reforma psiquiátrica. Precisamos repensar nossos desafios e o nosso futuro, como força de mudança. Precisamos estar articulados, integrados, unidos e fortalecidos. Nossas metas precisam ser debatidas sempre, sem que fiquemos, somente, na “queixa paralisante”. Precisamos ter critérios bastante nítidos e claros. Nossa participação tem que ser feita só como movimento social, sempre em expansão, sem nos permitir ser monopolizados, ou mesmo, sermos monopolizadores. Temos que estar preparados, acima de tudo, para sermos – INDEPENDENTES!

Mais uma conferência. Ainda é cedo para uma avaliação, entretanto, de imediato, foi muito produtiva, avançamos muito, mas, por enquanto, tudo está só no papel. O tempo dirá se as propostas aprovadas serão colocadas em prática – aguardemos, pois...


quinta-feira, 8 de julho de 2010

Encontro com usuários da Asociación Alonso Quijano - Madrid






Queridos Companheiros

Como a idéia é integrar os coletivos de usuários e articular possibilidades de troca de experiências, mesmo se estamos em continentes distintos, seguem fotos do meu encontro com usuários da AAQ, ontem, na cafeteria do Museo Reina Sofia e depois em um Kebab em Lavapiés, comemorando a vitória da Espanha!
Abs
Magda

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Encontro das abrasmes


Pessoal,


Olhem as nossas fotos com o pessoal da ABRASME São Paulo.
Abraços
Ana Karenina

Nós na IV CNSM




Olá companheiros,


Vejam a delegação do RN rumo a Brasília e a IV Conferência Nacional de Saúde Mental - Intersetorial. Muitas coisas aconteceram, muitos bons encontros, outros não tão bons, muitas as histórias para contar, muitas lutas por vir...
Temos aí algumas pessoas do interior do Estado interessadas em participar deste coletivo!

Abraços em todos

Ana Karenina
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...